Li o livro Autobiografia de um Iogue (Yogananda), uns 4 anos antes de minha iniciação ocorrer. Quando cheguei no capítulo que falava sobre a Kriya Yoga, senti algo muito forte. Era como se eu tivesse “reencontrado” algo muito especial , que já tinha feito parte da minha vida, em “outros tempos“. E tive a certeza, de que iria fazer essa iniciação, em algum momento dessa minha vida atual.

A Kriya surgiu na minha vida, quando minha filha estava recém nascida. Fiz a iniciação e comecei um caminho de lutas internas, para conseguir praticar , adaptando meu tempo diário. A partir daí, todas as 3 vezes que Gonesh vem ao Brasil, eu faço questão de estar com ele, em uma das cidades. E sempre participo do retiro que normalmente, acontece em Florianópolis, só para iniciados, mais para o fim do ano. Não deixo de ir por nada nesse mundo…rsrsr…imperdível!!!!

A prática da Kriya yoga, para mim significou um “divisor de águas”!!! Comecei a sentir-me profundamente protegida e acompanhada pelos Mestres, diariamente… perceber os sinais do Universo, mais claros e pontuais… sentir uma conexão de almas, com pessoas que surgem não por acaso em minha vida… ter um “portal” que me leva ao contato com a espiritualidade, de uma forma tão simples, mas tão profunda ao mesmo tempo… e tudo isso , dependendo só da minha vontade e disciplina, de estar aberta à praticar diariamente.

Já se passaram 4 anos e meio da minha iniciação. E tenho me colocado à serviço dos Mestres, como instrumento, para levar a Kriya para mais e mais pessoas. E sinto que a Kriya, nunca mais sairá da minha vida. 🙏

Viviane Milagres Quadros – praticante de Kriya Yoga